Associação Brasileira da Construção

Industrializada de Concreto

EDITORIAL - 85º NEWSLETTER - EDIÇÃO ESPECIAL 77

O setor da construção em setembro gerou mais de 24,5 mil novos empregos, um aumento de 0,97% em relação a agosto. Contudo, o Índice de Confiança da Construção (ICST) caiu 0,3 ponto, para 96,1 pontos, após cinco meses consecutivos de alta. Além disso, a falta e o aumento dos custos dos materiais continuam sendo os principais problemas da Indústria da Construção, pelo quinto trimestre consecutivo. A dificuldade foi apontada, no 3º trimestre deste ano, por 54,2% dos empresários pesquisados pela Sondagem Indústria da Construção. 

Apesar desse cenário, o setor vive a expectativa de que neste 4º trimestre todas as projeções feitas para o setor ao longo do ano venham a se confirmar. Organismos que medem o desempenho da construção civil, como a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), avaliam que o PIB do setor possa fechar o ano entre 4% e 5%.  


Na área imobiliária, as incorporadoras registraram um aumento de 69,5% nos lançamentos no último trimestre móvel em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto os financiamentos com recursos da poupança atingiram R$ 17,85 bilhões em setembro, uma alta de 38,2% ante o mesmo mês de 2020.

A newsletter também traz uma reflexão da FGV se a atual conjuntura passa por um descompasso macroeconômico ou pelo fenômeno de estagflação; a divulgação do painel do ENIC sobre expectativas para economia, uma matéria sobre o novo modelo de concessões das rodovias do Paraná que prevê mais praças de pedágio e investimentos em infraestrutura; e os resultados de uma pesquisa da Universidade Federal do Pará que usou resíduos de bauxita misturados ao calcário para produzir um clínquer que emite menores volumes de CO2 na produção de Cimento Portland. 

Por fim, na semana passada, participei do BW Talks, evento online do Movimento BW, da Sobratema, que ressaltou a importância da industrialização no contexto da preservação ambiental, colaborando para a mitigação dos efeitos do aquecimento global. Já no ENECE, destaque para a palestra do professor Mounir Khalil El Debs sobre pontes de concreto com ênfase na aplicação de elementos pré-moldados. O tema também é o título de seu mais recente livro, em fase de pré-lançamento.

Um abraço a todos.

Iria Lícia Oliva Doniak
Presidente Executiva